O cartão de visita é um material que contém informações de contato de empresas ou pessoas. Trata-se de recurso profissional essencial para a apresentação de uma empresa porque traz vantagens como: aumento do número de potenciais clientes, ou até mesmo, o crescimento de oportunidades de vendas.

Apesar de existirem diversos canais on-line utilizados para a divulgação dos negócios como os sites institucionais ou as redes sociais, o cartão de visita ainda é um dos principais recursos de marketing da atualidade. Por essa razão, é importante ter um.

 

 

 

Por que devo ter um cartão de visita?

 

O cartão de visita, sem dúvidas, é uma ferramenta profissional que não deve ser ignorada. Pois, por meio dela, é possível aumentar a quantidade de consumidores ou até mesmo potencializar a formação de rede de contatos (network). Portanto, não trata-se apenas de um cartão informativo, mas de um recurso para o desenvolvimento dos negócios.

É indispensável! Além do mais, ter um cartão de visita remete a uma ferramenta de marketing dos negócios. O pequeno cartão é a chance de transmitir aos clientes o profissionalismo e o comprometimento da empresa, além de ser a oportunidade de prosseguir com a troca de informações.

Um erro que não deve ser cometido é esquecer de entregar o cartão de visita.  É muito importante sempre tê-los disponíveis na carteira para entregar ao cliente ou aos parceiros comerciais. Afinal, podem surgir oportunidades inesperadas e, para evitar ser pego de surpresa, é necessário lembrar de carregá-lo.

 

 

 

Como criar cartão de visita

Para criar o cartão de visita é necessário os seguintes passos:

 

 

  • Selecionar as informações

O cartão de visita requer informações importantes para que o cliente ou parceiro de negócios entre em contato. Esses dados devem ser:

 

  • Nome;
  • Telefone;
  • E-mail;
  • Profissão;
  • Cargo;
  • Logo.

 

É importante ressaltar que o cartão de visita precisa ter informações básicas e sucintas, pois muitos dados podem deixar o layout poluído e pouco atraente.

 

 

1. Defina a aparência e o formato

Essa etapa para a criação do cartão de visita é um dos passos mais importantes já que trata-se do momento da escolha de elementos capazes de deixar o material atraente. Para definir a aparência e o formato é preciso escolher:

 

  • Tamanho;
  • Formato (retangular, quadrado ou outros);
  • Fontes;
  • Cor do cartão;
  • Destaques (deixar em evidência alguma informação para diferenciá-lo).

 

 

2. Criação e impressão

Após selecionar informações e todos os itens para o formato e aparência, é hora de salvar o cartão de visita. O ideal é salvar o material em alta definição para não prejudicar a qualidade da imagem. Além do mais, é necessário arquivar o cartão de visita em lugar seguro caso seja preciso alterá-lo no futuro.

Depois disso, é preciso encaminhar a peça para a gráfica que fará a impressão. É importante saber quais acabamentos são realizados pela empresa, eles podem ser liso ou fosco, por exemplo. Além disso, escolher um tipo de papel durável é fundamental. 

 

 

 

Ajuda especializada é indispensável 

Apesar de aparentar ser simples, criar o cartão de visita requer bastante cuidado e atenção. Afinal, é necessário saber como reunir em um pequeno cartão, as informações capazes de despertar o interesse de contato. 

O layout também é essencial. As cores, fontes, formato, posicionamento da logo, entre outros detalhes precisam ter harmonia porque o visual mal elaborado pode impactar na imagem que se deseja transmitir. Por essa razão, é indispensável investir em profissional especializado para desenvolver o cartão.