O gerenciamento de redes sociais consiste em um conjunto de atividades que têm a finalidade de potencializar o relacionamento com o público. O objetivo é ainda gerar mais venda de produtos ou serviços, além de promover efeitos de divulgação da marca.

As redes sociais são recursos importantes, consideradas, inclusive, como “vitrines da empresa”. A má gestão dessas páginas podem gerar instabilidades para os negócios, principalmente em um momento sensível como a pandemia do novo coronavírus.

Por essa razão, é importante saber como utilizá-las. Mas como a minha empresa deve se posicionar nas redes sociais em tempos de crise? Conheça algumas medidas fundamentais.

 

 

Gerenciamento de redes sociais: o discurso

 

A depender do segmento da empresa, o ideal no gerenciamento de redes sociais nesse momento é reavaliar o discurso de vendas ou autopromoção. Essa medida não vale apenas para essas plataformas, mas também qualquer outro meio de publicidade. É importante ficar atento para não promover uma mensagem que desperte a sensação de aproveitamento do cenário atual para conseguir lucros.

O resultado de um discurso incorreto é capaz de gerar grave crise de imagem e recuperá-la pode levar bastante tempo. O ideal é refletir: “como eu gostaria que a minha empresa fosse lembrada após o fim da pandemia?”. Diante disso, podem ser gerados conteúdos nas redes sociais que visem ajudar a sociedade no combate ao vírus.

 

 

A reinvenção das postagens

 

Para que o gerenciamento de redes sociais transmita conteúdos relevantes e atinja resultados positivos, é importante fazer o planejamento ou reinvenção de postagens. Não é fácil construir informações que despertem a atenção do público, mas pode ser adotado os seguintes caminhos:

 

A) Ensinar algo

Ensinar algo é um caminho que, além de ajudar a sociedade nesse momento sensível, agrega valor de solidariedade à marca. É possível, por exemplo, ensinar como as pessoas podem conseguir informações sobre o novo coronavírus para não cair em “fake news”. 

O conteúdo pode indicar referências de sites com autoridade no assunto, a citar: a Organização Mundial da Saúde, o Ministério da Saúde ou as Secretarias Municipais. Vale lembrar que, ensinar algo não precisa estar relacionado, necessariamente, a Covid-19. Mas, trazer os conteúdos capazes de ajudar a população a enfrentar os efeitos desse cenário da forma menos difícil possível.

 

B) Proponha benefícios

Propor benefícios que façam sentido à empresa também é um tipo de conteúdo que pode ser utilizado nas postagens. Uma das ações para conter a propagação do vírus é o distanciamento social e, por isso, as pessoas têm passado mais tempo em suas residências.

Diante dessa medida, empresas do segmento de esportes e academias, por exemplo, podem divulgar em suas páginas, assuntos sobre como evitar o sedentarismo. O material pode conter dicas de como fazer exercícios em casa.

 

 

C) Faça sugestões para o público

Fazer sugestões é também outro tipo de conteúdo que pode fazer parte do planejamento de reinvenção das postagens. Para exemplificar, as redes sociais de uma empresa do ramo de capacitação profissional pode indicar aplicativos capazes de ajudar no trabalho home office ou, até mesmo, incentivar cursos gratuitos para fazer no período de quarentena.