Construir uma estrutura base faz toda a diferença no desenvolvimento de gestão de redes sociais da empresa. Pois é o planejamento que vai nortear cada ação a ser executada, desde as postagens em stories do dia a dia até campanhas patrocinadas. É importante que a sua empresa tenha um planejamento prévio e siga-o com comprometimento. Afinal, planejamentos para produzirem resultados precisam ter seus procedimentos seguidos. 

É através da organização das redes sociais que a sua empresa não correrá o risco de ficar um longo período sem ter conteúdo, pois estarão organizados e programados previamente. Além disso, com acesso ao planejamento torna-se mais precisa a análise dos resultados, já que eles poderão ser mensurados pelos objetivos que se pretendia alcançar a cada semana. 

Empresas que desejam ter visibilidade nas redes sociais e estreitar a relação com os seus leads, precisam compreender a importância do planejamento e colocá-lo em prática. Se você ainda não sabe como começar um planejamento ou está buscando inspirações para construir um modelo, o próximo tópico irá lhe nortear com passos que facilitam a elaboração do planejamento de gestão de redes sociais.

Como montar um planejamento em 5 passos

Existem diversas formas de construir planejamentos de redes sociais. Aqui, vamos apresentar uma base, que pode ser adaptada conforme o objetivo das redes sociais da sua empresa. Então, lá vão os passos!

  • Pesquisa:

O ato de criar sempre parte de uma pesquisa prévia. As pesquisas trazem inspiração, apresentam informações até então desconhecidas e também geram conteúdos mais consistentes. Pense que em um mar de tantas informações diárias nas redes sociais, o seu lead precisa encontrar algo de especial na sua empresa, um diferencial. É praticamente impossível que esse diferencial venha sem muita pesquisa, estudo sobre o seu segmento e comportamento do público também.

Gestão de redes sociais não é apenas “surfar na onda” do meme da vez. Por isso, encare esse serviço como mais uma das diversas áreas da sua empresa que precisam ser comandadas por profissionais qualificados para tal função. Por mais conhecedor que você seja do seu negócio, anos de experiência e manuseie bem o seu perfil pessoal, isso não lhe torna um especialista em marketing. Por isso, avalie bem se terá o tempo necessário para se dedicar a etapa de pesquisa e conhecimento aprofundado para a produção dos conteúdos.

 

  • Produção:

Após as pesquisas, as primeiras ideias começam a surgir, é a etapa de produção ganhando forma. Neste passo, normalmente são divididas as editorias de conteúdo que a rede social irá trabalhar. Por exemplo, uma empresa que vende cosméticos pode optar por 3 editorias como: dicas de beleza, promoções e conversa com o vendedor. Nessas editorias, eles já vão possuir um direcionamento de quais tipos de conteúdos poderão trazer no mês.

Definindo as editorias, pode ser avaliado a periodicidade das postagens, pois essa decisão também facilitará a produção dos conteúdos e da parte de layout. É importante salientar que não existe um limite ideal de quantidade de postagens, você precisará testar, avaliar o comportamento da sua audiência e assim ir compreendendo qual periodicidade funciona melhor para a sua marca. Abuse dos formatos de conteúdos, não concentre apenas em cards. Faça vídeos, utilize os stories para interagir com os seus seguidores, crie séries mais longas no IGTV, torne a rede social da sua empresa dinâmica e longe do “mais do mesmo”. 

  • Revisão:

Uma das etapas que não pode ser deixada de lado de forma alguma! Pois é muito comum que a empolgação do criador desenvolva um alto apego ao que foi criado, dificultando que veja desde erros simples de gramática a equívocos de temas polêmicos e brincadeiras de duplo sentido, que poderão se transformar em uma crise, mesmo que momentânea para a marca. Por isso, a etapa de revisão deve ser realizada com tranquilidade e atenção no planejamento.

Durante a revisão tudo deve ser analisado, se o tom de voz utilizado nos textos condiz com a imagem que a marca deseja construir com o público. Se a produção do layout possui um equilíbrio visual, gera uma caracterização da empresa e conversa com o público. Uma revisão atenciosa valoriza ainda mais a gestão, pois torna o que foi produzido ainda melhor a partir de um ajuste necessário. 

 

  • Postagem:

A etapa mais simples é a de postagem, pois trata-se apenas de seguir um procedimento que já foi definido lá na frente, quando a empresa decidiu a quantidade de postagens que deseja realizar, horários de testes e demais detalhes como hashtags a serem utilizadas, por exemplo. Porém, mesmo parecendo simples, ela requer atenção. Utilizar uma ferramenta de programação de postagens pode ser uma excelente opção para não correr o risco de esquecer aquela postagem tão importante, além de agilizar o processo e tirar a preocupação.

 

  • Acompanhamento:

O último passo é o que irá definir o sucesso do seu planejamento. É a etapa de monitoramento! Sim, não adianta pesquisar, criar um conteúdo incrível, utilizar de ferramentas que agilizam o processo e tornam eles menos suscetíveis ao erro, quando não há uma mensuração. É fundamental que a sua equipe acompanhe os comentários, responda com atenção, não deixe os leads falando por dias, no inbox, sem resposta. Uma empresa cresce na rede social quando possui uma boa visão do seu público, que é o primeiro a indicá-la para um amigo.

Por fim, é importante que seja realizada uma análise do comportamento das postagens. Quais dados as redes sociais apresentaram nas últimas semanas? O que deu certo? O que não deu? O que pode ser reforçado mais vezes? O que não vale a pena mais repetir? Dessa forma, os próximos planejamentos serão conduzidos com base em uma análise segura de resultados, o que irá contribuir para que os resultados sejam cada vez mais significativos com o passar do tempo e ações aplicadas.