Cada vez mais, o número de criação de site e-commerce no país tem aumentado, isso é o que mostra a pesquisa do BigData Corp, em parceria com o PayPal Brasil. De acordo com os dados, as lojas virtuais brasileiras subiram para 37,5% entre 2018 e 2019, o que equivale a 930 mil sites. 

Inúmeros são os motivos para o aumento da quantidade de páginas dedicadas às vendas online, entre eles: mais flexibilidade e busca pelo sucesso financeiro. Por isso, separamos dicas de como preparar um site para o comércio eletrônico.

O que preciso para iniciar a criação de site e-commerce?

  • Nicho de atuação 

O primeiro passo para iniciar a criação de site de vendas online é montar um plano de negócios bem definido e isso inclui escolher o nicho de atuação. Nesse sentido, será necessário identificar o perfil do público-alvo e reconhecer quais são as suas necessidades e, a partir disso, oferecer um produto ou serviço como solução.

  • Escolha do site

Após definir o nicho de atuação, o segundo passo para a criação de site e-commerce é determinar a plataforma. Para isso, é necessário listar os itens que são indispensáveis para o seu site e depois avaliar se a plataforma escolhida atende aos requisitos. Vale lembrar que é fundamental investir na criação de site seguro, afinal um e-commerce exige do consumidor dados pessoais como senhas e código de verificação do cartão. Por isso, identifique se a plataforma oferece certificado SSL, isso vai permitir que a troca de informações entre o servidor e navegador de quem acessa a página seja criptografada.

  • Formas de pagamento

Outro elemento essencial para preparar um site para realizar vendas online é pensar nas formas de pagamento. Analise os valores cobrados pelas intermediadores de pagamento e estude se a plataforma escolhida disponibiliza esse recurso.

  • Personalize a página

Um dos itens fundamentais para um site de negócios é ter um design personalizado e atrativo. Investir na aparência do site permite que o usuário tenha uma experiência agradável e pode contribuir para que esse passe mais tempo na página. Vale ressaltar, no entanto, que um bom design não é o único item para uma boa experiência de navegação. Nesse sentido, é importante ainda investir em um site com boa velocidade de carregamento e intuitivo, pois não adianta ter uma página com vários recursos se essa é lenta e não permite o usuário encontrar de maneira rápida o que busca.  

  • Comunicação com público

Uma das grandes vantagens de ter um site de vendas online é que não há uma limitação de horário de funcionamento comparado a loja física. Desse modo, o cliente pode adquirir produtos ou fechar serviços ao longo das 24h do dia. Como o cliente pode acessar o site a qualquer momento, é importante disponibilizar canais de comunicação para tirar dúvidas, receber sugestões e críticas. Esse fator vai ajudar em um relacionamento mais agradável com o público. Para isso, pode ser concedido os telefones, o e-mail ou até mesmo abrir um campo de chat na página.

  • Cadastro de produtos, testes e configurações

As etapas finais para a criação de site e-commerce remete ao cadastro de produtos, testes e ajustar as configurações para começar a vender. Utilize fotos bem produzidas para garantir uma ótima imagem do produto. Além do mais, é importante fazer testes para evitar problemas com o site já publicado, isso pode afetar a credibilidade. Após ajustar todas as etapas, o site já pode ficar disponível.