Gatilhos mentais são capazes de ajudar quem busca prospecção de novos seguidores e obter bons resultados em campanhas de marketing. Entenda cinco deles!

Estratégia de gerenciamento de redes sociais

Quer saber o que são gatilhos mentais? Para entender o assunto, imagine quantas decisões toma por dia. Inúmeras tarefas fazem parte do nosso cotidiano: trabalhar, estudar, cuidar da família, descansar, praticar exercício físico e entre outras. Desde que levantamos da cama pela manhã, até a hora em que vamos dormir após o fim de mais um dia, realizamos diferentes atividades. Ao longo desse período, tomamos diversas decisões, conscientes e inconscientes.

É comum adotarmos decisões a todo o instante, mas as pessoas podem desconhecer que muitas delas são feitas pelo inconsciente. Como a todo momento recebemos inúmeras informações que exigem fazer escolhas, o nosso organismo tem um mecanismo facilitador da tomada de decisão capaz de nos proteger do esgotamento mental. A partir disso podemos entender os gatilhos mentais.

 

O que são gatilhos mentais?

 

Gatilhos mentais são decisões tomadas por meio do inconsciente. As pessoas podem imaginar que fizeram escolhas ao longo do dia de forma racional, mas muitas delas são tomadas de maneira despercebida. Em geral, as decisões em nível consciente são caracterizadas por serem mais complexas. Portanto, se você decidiu algo e não notou, são gatilhos mentais.

Sabia que é possível utilizar gatilhos mentais para prospecção de novos seguidores e para alcançar mais vendas? Para isso, é preciso que o setor de marketing e vendas defina abordagens a partir da avaliação do processo de decisão de compra. Com essa análise, podem ser adotadas as técnicas de persuasão que despertem a decisão de compra dos consumidores.

 

5 tipos de gatilhos mentais

 

Confiança

É muito provável ver um consumidor ignorar produtos ou serviços oferecidos por uma empresa em que não confia. No marketing, um dos gatilhos mentais existentes é o de confiança, onde o objetivo é fornecer ao público transparência, além de passar a segurança ao consumidor de que ao efetuar a compra, não vai ter insatisfações.

 

Exclusividade

Se você já ouviu ou presenciou uma campanha de publicidade e propaganda com a mensagem: “temos um desconto exclusivo para você” é muito provável que tenha usado o gatilho da exclusividade. Esse tipo tem o intuito de despertar na pessoa o sentimento de ter o privilégio de ter acesso a algo que outras pessoas não têm.

 

Prazer x Dor

Um gatilho mental bastante presente no marketing e vendas é o de prazer/dor. Quando uma pessoa tem ou quer fugir da dor, busca soluções para evitá-la e garantir o prazer. Para utilizar a técnica de persuasão é preciso conhecer quais são os problemas/dores da persona e oferecer o produto ou serviço como solução capaz de levá-la à satisfação.

 

Escassez

Outro gatilho mental presente em estratégias de marketing é o de “escassez”. Esta vem do princípio de que quando algo está prestes a terminar, desperta a decisão de aquisição antes que a oportunidade passe. O gatilho da escassez pode ser acompanhado de mensagens, por exemplo: “vagas limitadas” ou “últimas unidades”.

 

Prova social

Por fim, outro gatilho mental é o de prova social. Este está baseado no princípio de influência de quem valida a marca, produto ou serviço. A estratégia pode ser usada ao expor a experiência ou depoimento de um cliente que fez a aquisição e tem avaliação positiva. Isso permite estimular a tomada de decisão de compra.